"

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Vidente indica possível renúncia de Bolsonaro em abril e problema de saúde de Rui Costa

Redação Ednilson DRT-BA : 6200, sexta-feira, dezembro 21, 2018 por Ricardo de Souza

Há poucos dias para o fim de ano, um sentimento de nostalgia e retrospectiva toma conta de grande parte da população brasileira, não deixando de pensar também no que o ano de 2019 pode trazer. Em meio a este planejamento de novas metas e superstições para o novo ciclo, o Varela Notícias consultou um vidente para esclarecer e prever algumas questões políticas, do esporte, de saúde e bem estar geral.
Em uma sala do Centro Comercial Águia, em Itapuã, trabalha Elson Sena, pai de santo que realiza consultas através do jogo de búzios em um ambiente tomado pela espiritualidade.
No final de 2017, ele indicou que Neto não seria o candidato a governador pelo DEM no momento em que muitos caciques davam a candidatura do prefeito de Salvador como certa.
Através do seu tabuleiro cheio de artefatos e objetos, Elson convoca a entidade regente pelo ano de 2019 para auxiliar nas respostas. A primeira pergunta precisa ser feita de forma geral, para que “as portas” do novo ano sejam abertas.
O que podemos esperar de 2019?
“Este será um ano de trabalho. É aconselhado que não se minta, seja muito firme e direto, sem ter dúvidas do que deseja. É um ano positivo para aqueles que possuem idéias únicas, de desejo de crescimento, pessoas lutadoras que irão passar por cima de situações difíceis para alcançar o que querem. Um ano forte, que pode ser perigoso para aqueles que ficam no meio termo e em cima do muro. Ele dependerá muito da nossa influência pessoal para que seja realmente positivo”.
Política
No jogo, alguns búzios formaram uma linha que separou os demais em duas partes. Na visão do vidente, a que possuía menos dos objetos significava 2018, já o outro lado, com a maior parte dos artefatos, representava 2019. “Haverá muita influência pelo que já se passou. Ele traz o número cinco [do dado], o da aventura, que na política significa que precisaremos estar alertas para estas transformações que virão. Esta linha mostra um divisor de águas. Um ano que não dará brechas para só um comandante, já que todos deverão ter acesso a essa posição”.
Bolsonaro
Ao ser questionado sobre como seria o primeiro ano da gestão do candidato eleito, Jair Bolsonaro (PSL), Elson comenta sobre as dificuldades que enxergou. “Aqui não me mostra ele como dono da casa. ‘Se eu não sou o dono da casa, não tenho essa facilidade que demonstro’. Haverá uma dificuldade em conduzir o que ele propõe”, disse o vidente, que ainda afirmou visualizar um sentimento de pressão e uma falta de alinhamento no caminho do futuro presidente.
A revelações sobre Bolsonaro foram muito além, quando o espiritualista visualizou uma possível desistência. “Não consigo perceber diretamente se essa desistência vem por conta de uma pressão dele próprio, do que ele não irá suportar, ou de pessoas que ele mesmo fez a junção no ambiente dele. Aqui me mostra o mês quatro (abril) como algo que será determinante”. Entre embates e divergências de condução, Elson afirmou que até o mês de maio saberemos qual será esta decisão de Bolsonaro.
Vítima de um atentado durante período eleitoral, Jair ainda está em processo de recuperação do seu estado de saúde. Entretanto, segundo as visões de Elson, o ano de 2019 pode surpreender o político neste âmbito. “O búzio normalmente quando caí fora [do tabuleiro], nos sinaliza risco de morte. Ele aqui não me determina a morte em si, mas apenas o risco. Este búzio ainda pode mostrar ele ‘pulando fora’ ou se afastando de toda a energia”.
Lula
Ainda sobre o cenário político nacional, foi-lhe questionado como estará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no ano de 2019. “Eu não vejo muita facilidade ainda. Pessoas ligadas ao mesmo grupo podem tentar buscar ajuda fora do país. Enxergo algo relacionado a um documento, que possa significar uma tentativa de ajuda-lo. Mas vejo como algo perdido, que não venha trazer resultados agradáveis ou esperados”, afirmou ele, que ainda viu o petista preso em 2019.
Rui Costa
Quando falamos sobre a política regional baiana, Elson previu um enfraquecimento nesta nova fase da gestão do governador Rui Costa. “Ele aparece alinhado, na tentativa de batalhar e passar por cima de certas situações. Não o vejo muito fazendo coligações, mas na busca de alinhar ideias individuais, o que poder positivar os próximos três anos de gestão após 2019”.
“Aqui me mostra cortes, mas não ligado a meio profissional e demissões. Este corte está relacionado a situações que ele mesmo destrói pelas ações dele, que não é ou será conveniente com relação ao que o estado precisará. Com isto, ele pode estar destruindo a imagem dele diante do povo”, concluiu.
Mas, não é só com a política que Rui deverá se preocupar neste novo ano, segundo o vidente. “Apesar de aparecer positivada, aparece um peso, como algo divergente, que precise de um pouco mais de atenção. Há indicação de algo relacionado a parte cardíaca, circulatória. Mas nada grave, apenas um sinal de prevenção”, alertou Elson sobre a saúde do governador.
ACM Neto
Diferente do previsto para Rui, a continuação na gestão do prefeito de Salvador, ACM Neto, se apresentou com um crescimento positivo. “Ele se demonstra flexível na tentativa de facilitar o movimento dele e talvez recuperar alguns danos criados na trajetória. Mostra ele fazendo uma visão integral do panorama político, inclusive do estado, município e país”.
O espiritualista ainda afirmou ter enxergado que, em meados de agosto e setembro, ACM deverá tomar decisões diferenciadas, mas com cautela. “Por incrível que pareça, eu não o vejo preocupado com a opinião do público. Ele está buscando construir primeiro a linha de ação dele, para depois abrir. Ainda está solto na cabeça dele se irá concorrer a alguma cargo nas próximas eleições ou se irá esperar os próximos quatro anos”.
A saúde de ACM Neto aparece de forma positiva nas previsões, com a representação do maior número do dado. “Eu não vejo desgastes ou nada que irá tirar o sono dele, o que contribui para a saúde estar com um bom resultado”.
Bahia x Vitória
Pro lado do esporte baiano, as notícias podem não ser tão boas a depender do clube. A exemplo do Bahia, que finalizou a temporada de 2018 bem, mas poderá ter uma recaída neste próximo. “Aqui mostra que o time terá que se esforçar muito para manter a linha, já que eu vejo algo deslocado que demonstra um enfraquecimento na equipe de jogadores e administração do time, principalmente por parte de quem manda”.
Do outro lado, no Vitória, o espiritualista prevê um bom ano, com três grandes modificações determinantes responsáveis para isto. “Aqui mostra que o clube está escondido, tentando se articular para dar o ‘bote’. Podemos ter surpresa com o Vitória, se mostra articulado, aberto, com a vingança na boca. Diante do que eu vejo, o Leão estará mais forte do que o Bahia em 2019”.
Catástrofes e Atentados
Mundialmente, questionamos sobre alguma catástrofe ou atentando que pudesse acontecer e direcionar atenção internacional. “O desequilíbrio que me mostra vem do lado oriental, uma desorganização. Algo relacionado a doença que partirá desta região e que poderá chamar atenção do mundo”. Já se falando do Brasil, Elson afirmou que não haverá nada grave neste sentido. “Eu vejo um choque e um acidente, mas não com uma gravidade absurda.”
Inform.varelanoticias

Comentários: "Vidente indica possível renúncia de Bolsonaro em abril e problema de saúde de Rui Costa"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...