"

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Kannário troca socos com líder comunitário em frente à Câmara de Salvador

Redação Ednilson DRT-BA : 6200, quinta-feira, junho 28, 2018 por Ricardo de Souza

A briga terminou no meio da rua.
(Divulgação)
Famoso pelas polêmicas nos palcos e fora deles, o vereador e cantor Igor Kannário (PHS) se envolveu em mais uma confusão. Desta vez, Kannário brigou com um líder comunitário, nesta terça-feira (26) em frente ao prédio Anexo da Câmara Municipal de Salvador, onde funcionam os gabinetes dos vereadores.
O alvo do vereador foi Sidney Barbosa com quem Kannário tem uma rixa antiga. Os dois trocaram socos após uma discussão que ocorreu no prédio anexo e terminou na rua. A briga foi separada por pessoas que trabalham nos gabinetes. Kannário e o Barbosa não tiveram ferimentos graves.
O líder comunitário, conhecido popularmente como BX, contou ao CORREIO que a briga foi provocada por Kannário. “Eu fui à Câmara para levar um documento no gabinete de um vereador. Acabei encontrando com ele no elevador. Ele disse que eu tombei nele na entrada do elevador, mas eu fiquei longe”, relata.
Neste momento, ele continua, o vereador começou a xingá-lo. “Ele me chamou pra mão, mas eu disse que não iria me rebaixar. Foi aí que ele começou a me xingar. Aí não aguentei, larguei tudo e fui pra cima. Ele jogou em mim e eu joguei nele”, conta BX.
A rixa entre eles começou quando Kannário cantava na banda Swing do P. Nesse período, BX era produtor de diversas festas em Salvador. “A gente colocava a banda dele para tocar em algumas festas e em outras, não. Ele não gostou disso e desde então ficou irritado, cortamos as relações”, diz.
BX contou que pretende prestar queixa na polícia e entrar com uma ação na Justiça contra Kannário. “Tenho testemunhas. As pessoas viram o que aconteceu, viram que ele provocou e me agrediu verbalmente”.
O CORREIO procurou o vereador, mas ele não atendeu às chamadas. A assessoria dele, por sua vez, não foi localizada no gabinete do vereador.
Outros casos
No ano passado, em seu primeiro ano na Câmara, Kannário discutiu com uma policial militar durante a micareta de Feira de Santana. “Você é só uma PFem. Eu sou mais autoridade do que você. Eu sou vereador. Me respeite”, disse ele, ao criticar a conduta dela em uma suposta agressão a um folião. O caso foi parar na polícia e Kannário foi denunciado pela Polícia Militar.
Também no ano passado, durante o Carnaval, disse que o crime organizado estava dentro da Câmara. A afirmação causou revolta entre os vereadores e levou a um pedido de cassação do mandato dele.
Já no Carnaval deste ano, o vereador voltou a causar polêmica ao voltar a criticar a atuação de policiais militares durante a festa. Ele pediu uma audiência com o governador Rui Costa (PT) para denunciar os excessos da polícia. As críticas foram rebatidas pelo comandante da PM, coronel Anselmo Brandão.

Comentários: "Kannário troca socos com líder comunitário em frente à Câmara de Salvador"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...