Um grupo de manifestantes interditou os dois sentidos da pista da BR-116, em frente a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), por volta das 5h30 desta terça-feira (10). Eles protestaram contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com queima de pneus, gerando um longo congestionamento no local. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) negociou com os manifestantes, que liberaram a pista por volta das 8h. Josenildo Chondam, do território do Sisal, lembrou que essas manifestações estão ocorrendo em todo o Brasil. Na manifestação de hoje ele afirma que cerca de mil pessoas estiveram presentes. Segundo ele, muitos ônibus vieram de outros municípios, como Serrinha, Conceição do Coité, Lamarão, Monte Santo, Valença, Santa Luz, Santa Bárbara, Tanquinho e Irará. “Vários municípios estão aqui presentes, de forma pacífica, respeitando as pessoas e dizendo que o problema não é só de Lula e sim do estado brasileiro. Não vamos parar, enquanto não houver um processo justo”, destacou.