terça-feira, 7 de novembro de 2017

Jovem invade escola e mata aluna com 11 tiros; Polícia crê que ele tentou namorar vítima

Redação Ednilson DRT-BA : 6200, terça-feira, novembro 07, 2017 por Ricardo de Souza

A partir do depoimento dele entendemos que ele tentou namorar com ela, mas foi rejeitado. Por conta disto resolveu comprar uma arma, adentrar na escola onde ela estava e ceifar a vida dela", apontou.
Foto: Reprodução/ Facebook
Uma estudante de 16 anos foi assassinada a tiros em uma escola estadual de Alexânia, em Goiás, nesta segunda-feira (6). De acordo com o G1, Raphaella Novinski estudava no 9º ano do Ensino Fundamental e teria sido morta por Misael Pereira Olair, de 19 anos, que foi preso logo após o crime.
A delegada Rafaela Wiezel ouviu o suspeito e diz que ele confessou que comprou uma arma porque “sentia ódio” da adolescente. “Ele alega que é conhecido ‘de longa data’ da vítima, e que sentia muito ódio da menina.
A partir do depoimento dele entendemos que ele tentou namorar com ela, mas foi rejeitado. Por conta disto resolveu comprar uma arma, adentrar na escola onde ela estava e ceifar a vida dela”, apontou.
“Ele nos disse que foram 11 disparos, todos eles no rosto da menina. Tudo isso reforça o indício de crime passional, ele tinha estudado na escola no ano passado e tinha guardado este sentimento de ódio.
Nós já ouvimos o depoimento dele, agora vamos seguir os procedimentos”, completou a delegada. Em nota, a Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) informou que Raphaella foi a única alvejada e que três psicólogas e uma assistente social foram deslocadas para o município, para apoiar a equipe da escola, alunos e familiares.
Bahia Notícias

Comentários: "Jovem invade escola e mata aluna com 11 tiros; Polícia crê que ele tentou namorar vítima"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...