"

quinta-feira, 25 de maio de 2017

TRICAMPEÃO: Bahia vence o Sport e conquista a Copa do Nordeste na Arena Fonte Nova

Redação Ednilson DRT-BA : 6200, quinta-feira, maio 25, 2017 por Ricardo de Souza

O Esporte Clube Bahia é tricampeão da Copa do Nordeste.
Em uma noite mágica, diante de mais de 45 mil tricolores, na Arena Fonte Nova, o Esquadrão derrotou o Sport por 1 a 0 e ratificou a melhor campanha da competição regional. Este título, tão desejado e merecido pelos torcedores do Bahia, é o terceiro título do torneio desde quando passou a ser organizado pela CBF: 2001, 2002 e 2017.
A decisão começou para o Bahia logo aos 4 minutos. Edigar Junio cruzou da direita e Régis, de cabeça, mandou por cima da meta. Foi a primeira oportunidade na Arena Fonte Nova. Aos 12, o Tricolor de Aço abriu o placar. Armero fez jogada individual e serviu Edigar Junio, que recebeu de costas para marcação. Ele girou, ganhou na velocidade e tocou por cobertura do goleiro Magrão: Bahia 1 a 0.
O Sport levou muito perigo ao goleiro Jean, pouco depois, aos 14 minutos. O atacante Rogério, de primeira, soltou uma bomba e tirou tinta do poste direito. O jogo era bom em Salvador. Aos 18, Eduardo viu a passagem de Régis e tocou para o meia. O camisa 20, de esquerda, carimbou a rede pelo lado de fora.
Aos 30, desta vez de bola parada, o atacante Edigar Junio carimbou a trave. Allione cruzou, Tiago desviou e o camisa 11, no segundo pau, apareceu livre e testou no poste direito de Magrão. A situação para o time visitante, minutos depois, ficou mais complicada com a expulsão do atacante Rogério.
No fim da etapa inicial, aos 46 minutos, Armero tentou deixar o dele, só que o chute saiu fraco demais e saiu.
O segundo gol do Tricolor de Aço poderia ter saído, logo aos 2 minutos, mas o árbitro assinalou impedimento. Armero, após cruzamento de Edson, bateu cruzado e encontrou Edigar, caído, dentro da pequena. Ele escorou de cabeça para o fundo da meta, mas o juiz invalidou. No minuto seguinte, em outro lance construído pela direita, Edigar finalizou e o zagueiro Durval travou, evitando o segundo dele no jogo.
Aos 10, em um lance despretensioso, o Esquadrão quase ampliou. Jean, da própria área, deu um chutão e a bola foi tão forte que parou em Régis, na área do Sport. O camisa 20 bateu forte e Magrão mandou para escanteio.
Allione, aos 12, chutou cruzado e a bola pegou na defesa. Edigar aproveitou a sobra e Magrão, com o pé direito, brilhou mandando para escanteio. Edigar foi personagem outra vez, aos 16 minutos. Armero o achou na área, mas Matheus Ferraz travou e mandou para escanteio na ‘HORA H’ do arremate. Os lances de ataque eram cada vez mais perigosos, como aconteceu aos 22. Zé Rafael bateu da entrada da área e o camisa 1 do Sport defendeu.
Aos 25 minutos, primeiro com Allione, o Tricolor quase marcou outro. Allione finalizou e o zagueiro do Sport, depois de Magrão, tirou. A bola voltou para Juninho, que tentou o drible e perdeu a bola dentro da área. Allione, aos 33, entrou na área e bateu cruzado para fora. Outra grande chance que o Tricolor desperdiçou na decisão.
Até o apito final, com direito a uma dose de tensão no fim, o Bahia soube controlar o jogo e comemorar o terceiro título regional.Inform.bahiaolaine

Comentários: "TRICAMPEÃO: Bahia vence o Sport e conquista a Copa do Nordeste na Arena Fonte Nova"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...