sexta-feira, 31 de março de 2017

Irará: Agente morto em assalto teve irmão sequestrado e assassinado

Redação Ednilson DRT-BA : 6200, sexta-feira, março 31, 2017 por Ricardo de Souza


O agente penitenciário André Dias, de 35 anos, assassinado durante um assalto em Irará, acerca de 72 quilômetros de Serrinha, teve um irmão sequestrado e morto há cerca de um mês e a Polícia Civil do município apura se há alguma relação entre os dois crimes.

André, que era funcionário do presídio de Feira de Santana, foi enterrado na tarde desta quinta-feira (30) em um cemitério da cidade. Ainda não há informações sobre a autoria do homicídio cometido contra ele.

O crime contra o irmão de André, Mário Dias Cerqueira, de 36 anos, foi em fevereiro, no município de Jandaíra, a cerca de 200 quilômetros de Irará. A autoria do crime é investigada. "Ainda é muito cedo para dizer se há alguma relação, mas estamos investigando", disse ao G1 o delegado Antônio Álvaro, que apura o homicídio contra André.

A polícia informou que também não descarta a hipótese de o crime ter sido cometido pela função que André exerce.

O agente foi morto na noite de quarta-feira (29), na zona rural do município. A vítima foi abordada por criminosos que chegaram em um carro branco. Os suspeito renderam o agente, tomaram a revólver dele e, com a própria arma, o balearam, segundo a polícia. André não restitiu e morreu ainda no local do crime.

Após a ação, os suspeitos fugiram. Segundo a polícia, André foi encontrado com marcas de tiros na cabeça. O carro usado pelos criminosos foi abandonado entre as cidades de Coração de Maria e Conceição do Jacuípe.

De acordo com o diretor do conjunto penal de Feira de Santana, Allan Araújo, o agente morava em Irará com a família. Ele deixa dois filhos. Por conta da morte do agente, a visitação aos presos foi suspensa no conjunto penal nesta quinta. Na sexta, segundo ele, a situação voltará ao normal.

Comentários: "Irará: Agente morto em assalto teve irmão sequestrado e assassinado"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...